WhatsApp

65 99915-5229

CACERES/MATO GROSSO
Servidores Público Municipal de Quatro Marcos aprovam em Assembleia cancelamento de contrato da PREVIQUAM com AMM PREV - Noticias on-line do Jornal da Cidade :: Caceres/Mirassol e Sao Jose dos Quatro Marcos

Cidades

27/01/2018 às 14h30 - Atualizada em 27/01/2018 às 14h30

Servidores Público Municipal de Quatro Marcos aprovam em Assembleia cancelamento de contrato da PREVIQUAM com AMM PREV

Esmeraldo Rodrigues de Jesus
Cáceres - MT
FONTE: Esmeraldo R. de jesus

Servidores mantiveram reunidos das 16 horas as 20 horas quando aconteceu a deliberação final da Assembleia...

Aconteceu na tarde desta quinta-feira, 25/01/2018, nas dependências da Câmara Municipal, mais uma Assembleia do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de São José dos Quatro Marcos/ SISPQUAM. Em pauta o Reajuste Geral Anual-RGA dos servidores, auxilio alimentação e gestão da Previdência.

Com o plenário completamente lotado, o presidente do Sindicato José Alessandro Mazete Justimiano deu inicio aos trabalhos apresentando as três pautas, que foram discutidas e aprovadas por unanimidade pelos servidores presentes.

O RGA proposto pelo executivo foi de 2,95%, neste caso os servidores após intenso debate aprovaram uma contraproposta de 6.81%, taxa igual ao RGA pago aos professores do município. O Auxílio-Alimentação também ganhou boa discussão, depois de breve historia da conquista do auxilio aos percalços a Assembleia aprovou a proposta para que seja acompanhado o índice da cesta básica do governo federal e que o benefício ser estendido a todos os servidores independentes de faixa salarial, como era anteriormente.

O momento que chamou mais atenção da assembleia foi da ultima pauta, quando o presidente da SISPIQUAM Alessandro Mazete apresentou o assunto que estava fervendo nos bastidores e circulando nas mídias sociais sobre o contrato firmado entre a PREVIQUAM com a AMM PREV feito sem o conhecimento dos servidores e sem passar pelo crivo da Câmara Municipal. Sobre este assunto o presidente coloca em pauta o pedido de esclarecimento sobre o contrato dando plenos poderes a adesão em contrato a Agenda Assessoria e AMM PREV para administrar a PREVIQUAM inclusive os processos de aposentadoria, auxilio doença e investimento financeiro.

Alessandro Mazete, afirmou em seu discurso que mesmo sendo representante da classe, presidente da entidade não tinha conhecimento da transação. “Volto a reiterar que queremos esclarecimentos, até eu mesmo como representante da classe e mais autoridades aqui não tem conhecimento se realmente existiu um contrato, um pré-contrato ou não e não tive acesso a estrato para dizer se é bom ou não aos servidores por isso convidei os servidores, a Câmara Municipal e o responsável pela previdência para fazer os esclarecimentos”. Disse.

O debate sobre este assunto foi longo, o primeiro convidado a falar foi o diretor da Previdência municipal-PREVIQUAM, Jairo de Lima, funcionários, membros do conselho e demais envolvidos deram suas versões dos fatos, inclusive com a participação dos vereadores que deram suas opiniões sobre o Caso PREVIQUAM e colocaram a disposição dos servidores para esclarecimentos dos fatos. Ao final foi aprovado por unanimidade o encerramento do contrato até o analise final de uma comissão que já está em andamento, trabalhando a restruturação da PREVIQUAM.

O presidente da Câmara Municipal de São José dos Quatro Marcos, vereador Roberto Carlos de Moura, participou da reunião e falou sobre o assunto, agradeceu a presença dos vereadores Serginho, Zé Melo, Joel e Renilson, justificou a ausência dos demais, afirmou que o legislativo não foi comunicado da decisão e se colocou a disposição dos servidores. “Confesso a vocês que fiquei muito preocupado quando a Juliana me ligou, enfim se é que aconteceu esta casa, como afirmaram os vereadores que me antecederam ela não vai cruzar os braços, nem menos por uma venda diante de tanta injustiça, não é justo o vereador dentro do seu mandato não ser participado das conversas e quando se põem em risco o futuro de uma poupança que eu sei que é suada, que é sagrada, ai nos preocupa mais ainda, de pronto senhores vereadores, vou convocar vossas excelências para após a reunião vamos fazer um requerimento para o prefeito, que é a maior autoridade do nosso município pedindo informação dele e que o contrato venha a nossa mãos para que possamos analisar sem cometer injustiça, principalmente aos funcionários”. Afirmou o vereador Roberto Moura.

Os demais vereadores presentes usaram as palavras, e a TVCWEB fez cobertura em vídeo e todos os discursos, inclusive os dos vereadores estarão disponíveis na www.tvcweb.com.br e na sessão de vídeos do www.noticiasjc.com.br.


ESTA MATÉRIA FOI VISTA 666 VEZES

Comentários

Veja também

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

E.R.J © Copyright 2019 :: Todos os direitos reservados